Uma mulher tem um cão macho

0
128

Edição 278 – 05/11/18 a 05/12/18
Amor aos bichos
Dr. Jayme Sandall Junior – CRMV-RJ 7122 / desvet.blogspot.com

Bravo. Bravo demais!

Ela engravidou, e o cachorro pegou raiva da criança, morre de ciúme, e tenta avançar sempre que tem acesso ao bebê.

O que fazer? Será que o jeito é dar o cão?

Realmente é um caso muito sério e que requer toda atenção e delicadeza.

O cão já estava no ambiente, e é parte da família há anos. Mas agora se tornou uma ameaça à criança que acabou de chegar.

Antes de pensar em dar o cachorro, há certas atitudes que devem ser tentadas. Em primeiro lugar o cachorro deve ser castrado. Com isso, a quantidade de testosterona despenca, e a agressividade, territorialismo e sentimento de posse tendem a diminuir. Em seguida, deve-se contratar um adestrador. Um profissional experiente e tarimbado vai ser capaz de detectar os motivos da agressividade e do ciúme, e te ensinar técnicas que podem reduzir bastante o problema. Muitas vezes o cão é agressivo por não compreender o que está acontecendo em seu ambiente, e por não reconhecer o dono como líder. O adestrador lhe ajudará nessas questões.

Se, mesmo castrado e adestrado o seu cão continuar com a mesma agressividade, ainda restará a alternativa medicamentosa.

Seu médico veterinário prescreverá algumas medicações que poderão diminuir a ansiedade, agitação e agressividade do seu cachorro.

Se nada der resultado, aí sim, você e seu médico veterinário devem conversar. Caso seja constatado que a agressividade de seu amigo é patológica, então ele deverá ser doado. Enquanto não arruma alguém de confiança para seu cachorro, ele deverá ficar separado permanentemente de seu pequeno, para evitar algum acidente grave.

A única coisa que você não deve fazer é não fazer nada.

Grande abraço e até a próxima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here