Saiba como conhecer o Pão de Açúcar

0
771

Edição 281 – 20/02/19 a 20/03/19
Turismo
Por Gabriela Mendes e Ursulla Lodi Gira Mundo – www.bloggiramundo.com
Fotos: Divulgação

Como visitar, quando ir, sugestões de passeios complementares e como subir de bondinho, trilha ou escalada, em um relato feito por uma carioca apaixonada pelo Rio de Janeiro.

É engraçado morar em uma cidade turística, você passa pelos cartões postais no dia a dia e acaba se acostumando com aquela beleza que faz os viajantes ficarem maravilhados, mas aproveitei a visita de uma amiga para fazer alguns passeios pelo Rio de Janeiro e o Pão de Açúcar foi um deles.

Primeiro é preciso esclarecer que o chamado de “Bondinho do Pão de Açúcar” é um apelido, porque ele é, na verdade, um teleférico – bondinho mesmo é o de Santa Teresa. Porém, quando foi inaugurado em 1912 (sim, tem mais de 100 anos!), ele realmente parecia com os bondes que circulavam no Rio de Janeiro e assim foi chamado desde então. O local, desde sua fundação, teve o objetivo de ser um ponto turístico e na primeira parada, a do Morro da Urca, é possível observar o veículo original da época, que fica exposto no gramado, além de uma exposição de fotos no espaço “Cocoruto”.

Todo o passeio tem visuais maravilhosos, começando pelo teleférico, envidraçado. A viagem é curta, são só 3 minutos até a primeira parada, o Morro da Urca. Ali já dá pra ter uma ideia do que está por vir, e quando você pega o outro carro para o pico mais alto, o Morro do Pão de Açúcar, a paisagem só fica mais bonita. Os outros meios de subir, por trilha ou escalada, também oferecem experiências diferentes e igualmente incríveis, veja todas as opções aqui:

Bondinho do Pão de Açúcar: a forma mais tradicional é pegar o teleférico que leva aos dois morros, primeiro ao da Urca, com 220 metros de altura, e depois ao do Pão de Açúcar, com 396 metros, em uma viagem de apenas três minutos.

Preço: R$49 para cariocas e residentes do RJ e R$110 na tarifa normal.

Trilha da Pista Claudio Coutinho: é possível subir até o Morro da Urca (primeira parada do teleférico) de graça e em meio à floresta. A trilha que começa na Pista Claudio Coutinho, do lado esquerdo da Praia Vermelha, na Urca, é uma delícia de ser percorrida. São apenas 30-40 minutos de subida ouvindo o canto dos pássaros e se deparando com micos.

Preço: a trilha é gratuita, mas depois dela você pode descer pelo mesmo caminho ou pegar o teleférico pra subir até o Morro do Pão de Açúcar (R$40), descer do Morro da Urca até a Praia Vermelha (R$25) ou fazer as duas opções (R$65).

Escalada: para os mais aventureiros, é possível escalar o Morro do Pão de Açúcar, que tem quase 400 metros e com várias vias para diferentes níveis de escaladores. O tempo de subida depende muito, varia de acordo com o caminho escolhido e a disposição, mas pode levar cerca de 2h30. Dica de guias de escalada: www.dialindo.com

Preço: depende do guia, mas os escaladores têm direito de descer pelo teleférico de graça.