Entrevista com Aguinaldo Silva

0
37

Edição 276 – 271 – 01/04/18 a 30/04/18
Fala, Vizinho!
Por Renata Moreira Lima – Fotos: Divulgação

Estreia novela esse ano e traz curso de teatro de volta à Copacabana

Um dos maiores novelistas do Brasil, vencedor de dois prêmios Emmy, Aguinaldo já trabalha a nova novela dele no horário das 21h, da Rede Globo. Nesse meio tempo ele traz de volta ao bairro, no Theatro NetRio, o curso de teatro que tem seu selo de qualidade, e vem ao Jornal Copacabana falar sobre os planos para a novela, o elenco, o curso Master Class e, claro, Copacabana.

Renata Moreira Lima: Ganhou o primeiro Emmy pela produção Luso-brasileira Laços de Sangue (2011), veiculada em Portugal. Em 2015, o segundo por Império. Por que as novelas brasileiras, de tanta qualidade, não são ganhadoras frequentes do prêmio? Qual a importância dessas conquistas para a teledramaturgia brasileira?

Aguinaldo Silva: Acho essas premiações internacionais de grande importância. Sinto o maior orgulho por ter ganho dois Emmys, que é o prêmio mais importante da televisão internacional, no qual nossas novelas concorrem com as do resto do mundo. Mas acho que, para nós, a grande premiação é o reconhecimento do público. É a audiência, na qual nós brasileiros somos imbatíveis. Em nenhum país as telenovelas são um assunto nacional, que galvaniza a população praticamente inteira, como acontece entre nós. Esta é a maior qualidade do nosso trabalho. A telenovela é a manifestação cultural mais importante do Brasil.

R.M.L.: Em entrevista à coluna, em 2016, criticou a forma como as novelas vinham sendo escritas. Citou o Os 10 Mandamentos, da Rede Record como um “puxão de orelhas” e Velho Chico como reviravolta para o gênero, então, perdido. Houve realmente essa mudança de lá para cá?

A.S.: O que tenho visto de mais positivo nas telenovelas da Rede Globo é justamente isso: a evidência da necessidade de mudar. De voltar a ser original. De criar novelas que sejam apenas colchas de retalhos de outras. Nem sempre se consegue isso. Alguns autores têm vícios antigos dos quais relutam em se livrar. Mas não há duvida que a telenovela brasileira está mudando… E para melhor.

R.M.L.: A sua próxima novela O Sétimo Guardião está prevista para ir ao ar ainda esse ano, e já vem cheia de polêmicas. Qual foi o desfecho e como estão os preparativos para a sua volta ao realismo fantástico?

A.S.: Durante o que você chama de “polêmicas” fiz o que me coube: trabalhei e trabalhei. A novela só estreia em novembro deste ano, mas já escrevi, junto com meus colaboradores (Joana Jorge, Maurício Gyboski, Zé Dassilva e Virgílio Silva) 44 capítulos. É praticamente um terço da novela. Aposto muito em O Sétimo Guardião e acho que nela eu me renovo mais uma vez como autor. Espero que o público ache o mesmo.

R.M.L.: Depois da lista do Janot, a lista do Aguinaldo? Fale sobre o elenco.

A.S.: Falo, sim, mas sem entrar em detalhes. Lília Cabral (na foto em Império), Tony Ramos, Bruno Gagliasso, Marina Rui Barbosa, Ana Beatriz Nogueira, Letícia Spiller, Paulo Rocha, Vanessa Giacomo, Ailton Graça, Flávia Alessandra, Milhem Cortaz, Dan Stolbach, Viviane Araújo, Guida Viana e muitos mais…. Tantos atores dos quais sou fã absoluto… É uma honra trabalhar com eles. Junto com estes nomes estarão alguns alunos dos Cursos da Casa Aguinaldo Silva e do Cedarco – gente formidável que, certamente, terá longa carreira artística.

R.M.L.: Pelo visto a novela vai ser boa…

A.S.: Como diria Winston Churchill (e também diz um dos personagens da história), para que isso aconteça darei meu sangue, suor e lágrimas como sempre faço. Encaro qualquer novela minha como se fosse a primeira… E, a cada vez, preciso por à prova minha capacidade de exercer o gênero.

R.M.L.: O curso Master Class de roteiro costuma ser no mês de agosto. Com a novela estreando próximo a essa data terá o curso esse ano? No Rio?

A.S.: Como a novela só estreia em novembro conseguirei fazer a master class, sim… Com uma novidade: desta vez não será de telenovela, mas de seriado. E será na nova Casa Aguinaldo Silva de Artes, cuja sede agora é em São Paulo.

R.M.L.: Ainda mora em Copacabana?

A.S.: Agora e sempre. Copacabana não me engana – é o melhor lugar para se viver no Rio de Janeiro.

R.M.L.: A próxima novela terá o bairro presente novamente na trama?

A.S.: Não. A novela se passa numa imaginária cidade do interior entre São Paulo e Minas e terá algumas cenas, poucas na capital paulista.

R.M.L.: É a segunda vez que traz um curso de teatro para o bairro, no mesmo Theatro Net Rio. Fale sobre o curso do CEDARCO – Centro de Desenvolvimento Artístico de Copacabana, dirigido pelo produtor cultural Ivan Mira, a ligação com a Casa Aguinaldo Silva em São Paulo.

A.S.: A Sempre afirmo que o CEDARCO é um filho estimado da Casa Aguinaldo Silva de Artes. No momento em que nos transferimos para a Sede própria na Cidade de São Paulo, resolvi manter um braço no Rio tendo à frente o Produtor Ivan Mira, amigo meu de imenso valor moral e competência artística irretocável. Em conjunto com outra querida amiga, a empresária teatral Rita Reder, o CEDARCO está a desenvolver um trabalho maravilhoso ofertando, em minha opinião, um dos melhores cursos de atuação do Brasil.

R.M.L.: Em 2016 quando pedi seu recado aos leitores do Jornal Copacabana, os incentivou a ler e falou da importância do jornal impresso. Continua pensando assim?

A.S.: Sim, quanto a isso não mudei. Nada substitui o ato físico da leitura que é: folhear o jornal ou o livro. No caso do jornal impresso, ele continua a ser um mestre para quem quer aprender a ler e escrever bem. Sua linguagem não é trivial e passageira como acontece com a linguagem da internet. Ela fica.Um dia, talvez, não existam mais jornais… Nem amantes da leitura. Que este dia nunca chegue.

R.M.L.: Deixe seu recado.

A.S.: Defendam o Bairro: não deixem que a Prefeitura transforme Copacabana no playground do Rio. Exijam policiamento ostensivo para que a “Princesinha do Mar” volte a ser o mais emblemático e querido Bairro do Brasil. … e não esqueçam de fazer Teatro para que a jornada da existência fique mais leve e prazerosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here