Cataratas do Iguaçu

0
111

Edição 277 – 10/10/18 a 10/11/18
Turismo
Por Gabriela Mendes e Ursulla Lodi – Gira Mundo – www.bloggiramundo.com
Fotos: Divulgação

Dicas para planejar sua viagem

Não há quem fique imune à força da natureza nas Cataratas do Iguaçu. A paisagem formada pelas 275 quedas d’água com 82 metros de altura nos transporta para um cenário idílico e poderia parecer como se estivéssemos entrando na terra dos sonhos de Shangrilá. É um passeio que vale muito a pena, mesmo com os parques superlotados, e que é uma das atrações de natureza mais lindas que eu já vi no Brasil e no mundo! Sem contar que é uma viagem bem versátil, já que, por ser um parque de fácil acesso, agrada a todos os gostos.

Onde ficam as Cataratas do Iguaçu

Antes de mais nada é importante esclarecer que o destino fica na fronteira entre Argentina, Brasil e Paraguai e a viagem acaba sendo internacional, porque mesmo pra quem se hospeda em Foz do Iguaçu, no Paraná, é indispensável visitar a parte argentina das cataratas e a cidadezinha de Puerto Iguazu. Quem gosta de compras sempre faz um bate-volta nas lojas paraguaias da Ciudad del Este. É um passeio que vale muito a pena, mesmo com os parques superlotados, e que é uma das atrações de natureza mais lindas que eu já vi no Brasil e no mundo! Sem contar que é uma viagem bem versátil, já que, por ser um parque de fácil acesso, agrada a todos os gostos.

Quanto tempo ficar e o que visitar

Tudo depende da quantidade de atrações que te interessarem. O que vale a pena mesmo é visitar os parques e, para isso, você só precisa de dois dias inteiros. Desta forma você visita o lado argentino em um dia inteiro, com parada na feirinha de Puerto Iguazu e jantar; e no outro o lado brasileiro, que é um passeio de meio dia e dá para combinar com outra atração. Porém, se você se interessar pelo tour na Hidrelétrica de Itaipu, quiser fazer compras na Ciudad del Este, curtir o esquema do Parque das Aves e Marco das Três Fronteiras, eu aconselho quatro dias inteiros.

Quando ir

Não tem data certa para visitar as Cataratas, mesmo quando chove é bom, porque o volume das águas aumenta. O verão é muito quente e úmido, mas o volume das águas é imenso, o que deixa o passeio bem lindo. No inverno as temperaturas são mais agradáveis e as quedas d’água ficam mais definidas (fica ótimo nas fotos). Faz frio de manhã e à noite, mas à tarde faz calor dentro do parque.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here