CERVICOBRAQUIALGIA

0
126

Edição 277 – 10/10/18 a 10/11/18
Saúde
Dra Juliana Menezes – CREFITO 148545-F

Mover a cabeça, alcançar um objeto, sentar, ler, deitar… E até respirar, tudo se torna um grande sofrimento. A cervicobraquialgia tem seu foco principal na coluna vertebral.

É a parte da coluna que vai da vértebra C1 à C7, que são, especificamente, as menores. Dentro dessas pequenas vértebras, existem também ligamentos, tendões, músculos, fibras nervosas…

Quando alguma dessas zonas se inflama (ou algumas), a dor alcança diversas áreas do nosso corpo. Assim, é comum que a inflamação comece na coluna e alcance um ombro, a escápula, os braços e até o tórax.

Os sintomas: Com certeza, você já ouviu alguém dizer que “é como se tivesse um punhal enfiado nas costas”. De certo modo, é algo parecido. Só que, além desse foco central, a dor se irradia  a outras zonas fo corpo, sob a forma de calor intenso. A cervicobraquialgia, além de ser essa dor já descrita, também se caracteriza por câimbras intensas, transtornos de sensibilidade, fraqueza muscular, enrijecimento ou sensação de frio ou de calor intenso, como se fosse uma queimadura.

A cervicobraquialgia requer um tratamento personalizado que apenas profissionais de saúde poderão oferecer. E talvez seja necessário tomar fármacos adequados para diminuir a inflamação. Por sua parte, a fisioterapia permite aliviar a dor e restaurar o funcionamento das extremidades. O RPG é bastante indicado por ser um tratamento individualizado e usar a globalidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here