Art Déco Copacabana

0
39

Edição 275 – 01/08/18 a 31/08/18

Arquitetura
pelas ruas do bairro

Orania

Nos anos 1900, vários eventos concorreram para colocar o Rio de Janeiro em posição destacada no fluxo dos turistas. Um destes movimentos artísticos foi o Art Déco, com influências na arquitetura, pintura, escultura, moda, cinema e decoração. Não por acaso, o Cristo Redentor, maior monumento Art Déco do planeta, foi aqui construído.

A cidade tem centenas de construções neste estilo, e Copacabana reúne apreciável coleção delas, a maior parte na área do Lido. Na foto, Edifício Orania (foto acima: de Octávio MacNiven) na Rua Ronald de Carvalho, 166.

Edifício Itahy

O Edificio ITAHY, na Av. N.S. de Copacabana, 252, foi projetado por Arnaldo Gladosch, em 1932. A decoração interna e o pórtico são assinados por Pedro Luiz Correia de Araújo, filho de nobres pernambucanos que acompanharam a família imperial quando esta foi banida para a Europa. Nasceu em Paris, frequentou grupos de vanguarda, conviveu com Picasso, Léger e Matisse. Tem características modernistas pelo abuso em traços geométricos. Na fachada, elementos cerâmicos cilíndricos na cor verde, lembram bambus. A porta de entrada tem motivos de algas na parte superior e tartarugas na parte inferior. Uma índia-sereia parece sustentar o edifício. Os bancos internos são forrados com mármore negro belga e o piso, de cerâmica vitrificada, reproduz o mar e cavalos marinhos.A inauguração deste pequeno túnel, de pouco mais de 200 metros, é considerado pelos historiadores a certidão de nascimento de Copacabana.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here