O que você está dizendo ao seu cão?

0
77

Edição 278 – 05/11/18 a 05/12/18
Amor aos bichos
Dr. Jayme Sandall Junior – CRMV-RJ 7122 / desvet.blogspot.com

Antes de ficar chateado, irritado, decepcionado com seu cachorro, tente entender o que você está dizendo a ele, o que você está – mesmo que não perceba – ensinando a ele.

Um cão pega o controle remoto. Não devolve, rosna, ameaça morder. Só devolve quando recebe um biscoito. Pronto: você acabou de ensinar a ele que se ele pegar o controle remoto e não devolver, ganha um biscoito.

Outro cachorro faz xixi fora do lugar. Você conversa com ele e explica pacientemente onde ele deve fazer. Ou briga, sem paciência, e mostra onde é o local certo. Ao conversar, você não diz nada para ele, pois ele não entende as frases; ao brigar e mostrar irritado onde ele não pode fazer, e no mesmo tom de voz mostrar onde ele TEM que fazer, ele entende que não pode fazer nem aqui, nem ali. E agora?

Em outro caso, o cão fica enlouquecido quando todo mundo sai de casa, e late, geme, uiva sem parar, arranhando a porta e incomodando os vizinhos… É que na cabeça dele, ele está sendo abandonado, deixado sozinho, e as pessoas só voltam depois que ele late, uiva, arranha a porta.

Mas o que fazer?

Em primeiro lugar compreender a simplicidade do cão. O nível de compreensão dele é muito menor do que o nosso. Por mais que seu cão seja inteligente, ele não compreende frases complexas e para que aprenda algo, deve ser ensinado de forma simples, repetitiva e de uma forma que se sinta recompensado ao fazer a coisa certa.

No primeiro caso, em vez de dar o biscoito quando ele devolver o controle remoto, o procedimento deveria ser mostrar o biscoito mas não dar. Pegar o controle e deixar ao lado dele. E ensinar que ele só ganha o biscoito se não pegar o controle. Ao longo do tempo, você pode colocar o controle do lado dele, de propósito, e deixar ali por alguns minutos. Se ele não pegar, ganha um biscoito.

No segundo caso, você deve brigar com ele, usando um tom de voz “rosnado”, enquanto mostra o lugar errado onde ele fez xixi. Imediatamente leve-o ao local certo e faça carinho, mudando o tom de voz e dando algum agrado para ele. Aos poucos ele associará que xixi ali, no lugar certo, renderá carinhos e algum agrado.

No terceiro caso, cães que se apavoram em ficar sozinhos devem ser ensinados, aos poucos e com muita paciência, que vocês saem mas sempre voltam. Isso deve ser feito de forma gradativa: primeiro ele fica no quarto enquanto você vai até a sala e volta. Depois você demora um pouco mais. Depois você sai de casa e volta um minuto depois. E assim sucessivamente até ele compreender que não está sendo abandonado.

O processo de aprendizado dos cães demanda paciência. Na dúvida, procure um adestrador de confiança ou fale com seu médico veterinário. Grande abraço e até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here